Mil Pedaços – Legião Urbana

 

 

Hoje eu nem sabia sobre o que falar. Ainda meio entorpecido pela boa semana fiquei meio sem assunto. Mas iria abandonar o blog? De modo algum. Então resolvi pegar minha playlist e escolher uma música qualquer. Fazer dela o tema do post. Gosto de ouvir bastante coisa, vou de Beatles a MPB, vou de música clássica a algumas bandas de Hard Rock, gosto de alguma coisa de Black music e até música eletrônica. Então dá pra imaginar que a lista é bem grande.

Grande como é nosso planeta, semana passada, por exemplo caiu um satélite desativado aqui e alguns meios de comunicação diziam que os destroços cairiam em uma área que se levada a sério poderia ser traduzida apenas como qualquer lugar do planeta. Aliás ai vai o mote pra escolha da música de hoje. Fazia tempos que eu não escutava Legião Urbana, não que eu realmente tenha sido um fã da banda, conheço a discografia como todo adolescente dos anos 90, ouvi muito os discos, principalmente o Quatro Estações, acabei, entretanto escolhendo uma música de outro disco, o Tempestade..

Acho que vale a pena falar da música porque ultimamente tenho visto gente próxima ter sua vida destruída. Espalhada em pedaços pequenos difíceis de se juntar. Fico pensando em formas de ajudar. Sempre cada caso é um caso, mas existem coisas que acabam por se repetir. Como os pedaços do satélite que caíram numa região mais ou menos previsível, na maioria das vezes é previsível saber o que vai nos fazer chorar.

Falo isso de forma consciente. Sei que vivo um momento bom e positivo. Gostaria que todo mundo pudesse sentir-se bem. O problema é que isso dá trabalho, nem sempre é possível focar no que realmente funciona para melhorar o ânimo. É difícil se prender nas pequenas coisas que acontecem e na nossa essência. Mais fácil viver o momento isolado e ai ir do ápice ao medo em segundos de acordo com a sensação do momento.

Tirando raros casos em que tudo realmente parece conspirar contra a pessoa. Geralmente só nos despedaçamos quando deixamos um único fato nortear todas as nossas sensações. Quando diante dos nossos olhos apenas uma coisa parece realmente importar. Quando isso vai bem, parece que tudo está perfeito, quando vai mal, todo o resto para de funcionar.

Temos várias facetas em nossa vida, a profissional, a amorosa, a familiar, a social, enfim, qualquer esfera que resolvermos criar. Nunca todas as facetas vão andar com perfeição. Sempre vai existir um ponto a melhorar, é isso que nos dá ânimo pra continuar acordado, fazendo as coisas que devem ser feitas e lutando. É esse lado a melhorar que alimenta nossos sonhos.

Por outro lado, vale também o oposto. Nunca tudo vai dar errado em nossa vida. Sempre alguma coisa funciona, mesmo que a gente não consiga perceber. Na verdade, perceber isso é o que pode ajudar a manter a nossa sanidade quando alguma coisa ruim acontece. Nesses momentos mais complicados devemos nos prender a isso, ao que funciona, só assim encontramos forças para corrigir o que dá errado.

Sei que é pouco, mas foi a forma que encontrei para ajudar meus amigos que passam nesse momento por alguma dificuldade. Lembrem-se que sempre tem algo que funciona e se apeguem a isso. Não deixem a vida de vocês ruir em pedaços. Vocês são muito maiores do que a dor que sentem.

 

Uma resposta para “Mil Pedaços – Legião Urbana”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.